quarta-feira, 13 de abril de 2011

Fortaleza

Fortaleza,
Bandeira de Fortaleza
Meus olhos perdem-se no teu mar 
E em meio às tuas ondas,
Verdes como esmeraldas,
Minha alma põe-se a cantar.

Fortaleza,
Tua brisa move os meus cabelos.
Como tuas dunas,
Movem-se meus anseios de em ti repousar.


Fortaleza menina,
Teatro José de Alencar



Fortaleza de José de Alencar.
Fortaleza crescida,

Das ruas do centro e da Beira-Mar.

Aqueles que te amam
Não ousam te deixar
E aqueles que se foram
Só sonham em poder voltar.

Fortaleza da minha infância,
Terra da Luz, do vento e do mar,
Terra minha, querida,
O sol do meu Ceará.


Aniversário de Fortaleza, 285 anos.

Poesia publicada em 15 de março de 2011 no poesiaescafandrista.blogspot.com






4 comentários:

Paulo Francisco disse...

Então: Parabénnnssss!!!!!!
Pra ela e pra você!
Texto lindo!!!!
Um beijo

ACONTECE disse...

Parabéns pra Fortaleza!!!
Deve ser uma delícia de cidade, ainda mais com uma ilustre filha da terra como vc...
Adorei o poema, amor genuíno...

"Voando com Borboletas" disse...

Que linda foto do teatro Jose de Alencar!!
Parabéns Fortaleza!

Um bom fim de semana pra vc!
Com muita alegria, risadas...gargalhadas!!!
Muita paz!
Bjs
borboleta
www.voandocomborbolletas.blogspot.com

Milena Vanessa disse...

Outro Lado

Fortaleza,
dos muros altos
dos cadeados grandes
e da desigualdade
ainda maior.

Aliás como em qualquer
grande metrópole
que diz não as pessoas
e sim ao capitalismo.

Um cheiro!