domingo, 29 de agosto de 2010

Tanto

Quero-te um tanto assim
Mas se ficas longe de mim
Ouso querer-te um tanto mais.
Quero-te um tanto
Que já não sei o quanto,
Mas se deixas-me solta
Faz-me louca,
Faz-me querer-te um tanto mais.
Quero-te um tanto assim,
Quero-te perto,
Junto a mim,
Quero-te sempre um tanto mais.

4 comentários:

Dias, Anderson disse...

Uma poesia e tanto!
Não sabes o tanto que gosto daqui!

=*

Bjos, Senhorita do Escafandro.

Leandro Luz disse...

Lindo!
^^

Fui lendo, lendo e não dava vontade de parar. Escolha perfeita de palavras. Parabéns!
;*

Danny disse...

Lindo

Gonçalo disse...

Os sentimentos que tens ou tinhas neste texto são o reflexo de um estado que um dia gostaria de ter para (também) escrever assim. Os sentimentos tornam as coisas inimagináveis...

Um beijo...plim *;)