quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Poesia de Aniversário

Dedicado a R. F.


A vida não conta-se em dias,
Nem meses, nem anos.
A vida conta-se das alegrias
E alguns desenganos.


A vida faz-se aos poucos,
Conta-se nos amigos que fazemos,
Nos amores que vivemos,
Nos momentos mais simples e loucos.


A vida é feita na lida,
A vida de cada um,
Cada um é quem faz.
Mas neste dia,
Desejo que a tua vida
Seja feita de amores, alegrias e paz.

Faço-te versos com esmero,
Para que não te esqueças
Que não te esqueço um só segundo,
Envio-te os meus versos mais simples e sinceros,
Mas desejava fazer-te os versos mais lindos do mundo.



6 comentários:

Paulo Francisco disse...

Lindo! Lindo!
Adorei
Um beijo grande

Sandrio cândido. disse...

Que bela homenagem, eu também estou fiando mais idoso
beijos

Liza Leal disse...

Um presente especial!

=)

Flor com Espinhos disse...

que presente mais doce.

RosaMaria disse...

Agora pouco tuitei que os melhores presentes não vem com laço dourado, olha só, estes versos provam o que acabei de dizer.

Belo presente!

Beijos doces

Thales disse...

Que lindo! E dia 17 foi niver do homem da minha vida: meu pai. Nossa fiquei iluminado ao ler isso, coisa linda demais da conta, e quem ganhou esse presente deve estar radiante.

Beijos