quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Viver a vida

Viver a vida
Na sua forma mais bonita
Remexer o baú de brinquedos
E retirar de lá nossas boas lembranças

Viver a vida
Construir cada momento
Fazer-se em cada ato

Viver a vida
Consciente de quem se é
E do que se quer

Compor-se como quem compõe uma melodia
Fazendo da própria vida uma poesia
Deixando que cada um pense o que quiser.

Um comentário:

Dário disse...

É tão simples...!!! E as vezes insistimos em complicar. Se não se sabe o que virá é só lembrar do que já se foi. Lembra-te, daquele momento de felicidade verdadeira? Lá está contido o enigma do teu porvir. E cada passo é um tijolinho. Cada palavra, pensamento ou gesto é um acorde. Desafinamos, é verdade. Isso porque somos ainda aprendizes. Um ensaio para um belo concerto.

Estiveste muito inspirada nestes versos.

Beijos, paz e luz