quarta-feira, 26 de agosto de 2009

A Arte do Bom Combate

A vida nem sempre é feita de flores, eu o sei. Mas se é feita de luta também é feita de fracassos e vitórias. É preciso viver a vida como a verdadeira Arte do Bom Combate. É preciso fazer da alma uma espada afiada, é preciso ser um bom guerreiro. E todo guerreiro que se preze sabe a hora certa de empunhar e embainhar sua espada. É preciso lutar, saber recuar, saber desistir se preciso for. A verdadeira sabedoria dá-se no combate, na luta constante de se viver uma boa vida. É preciso mesmo lutar com a alma, como se ela fosse nossa única arma, como se essa vida fosse a nossa última chance.



A todos os grandes bons combatentes e guerreiros que conheci.

Um comentário:

Dário disse...

Lembrei-me da práxis do aikido, onde o fim último de toda ação e chegar a harmonia. Ai - harmonia, Ki - energia e Dô - caminho. Nisto está implicito uma busca pela paz, onde vê-se na entrelinhas a não violência. O que não quer dizer que devemos ser passivos. Se você é atacado deve se defender, sem contudo instigar o combate.
Aqueles que lutam pela vida, eis aí os verdadeiros guerreiros.