domingo, 2 de agosto de 2009

Verso do ostracismo

"A alma fechou-se para a dor!

Resolveu que nunca mais iria

Sentir aquilo novamente.

A alma abriu-se como flor

E disse que seria agora diferente".

2 comentários:

Ander disse...

noooooooooooooossa esplêndido!!

maravilhoso!!

deeeeeeeeeemais esse verso!

não sei o que dizer!

Dário disse...

Em meio ao lamaçal, a podridão das idéias e atos autodestrutivos em decomposição, nasce a flor de lótus. Quando a verdade se mostra o sofrimento dá lugar à beleza.