domingo, 20 de junho de 2010

Nunca amei Saramago

É assim que começo esta postagem, chamando atenção para o seu título: "Nunca amei Saramago".

Apesar de minhas publicações neste blog nem sempre serem autobiográficas e muitas vezes falarem de situações possíveis, porém não reais ou vividas, esta fala exatamente a realidade: Nunca amei Saramago.

Não fiz esta postagem para enaltecer suas virtudes literárias, tampouco citar episódios de sua vida. A verdade mais pura é esta: não li "Ensaio sobre a cegueira", não aprecio seu estilo de prosa, neste momento não presto condolências, tampouco publico isto para depreciá-lo. Apenas nunca amei Saramago.

Se a dúvida bater às suas portas ao verem o blog do falecido escritor citado nas minhas recomendações, esclareço-vos dizendo: Leiam. Leiam para saber o que gostam e o que não gostam, leiam criticamente, não de maneira leviana. Apreciem se quiserem apreciar, mas não depreciem, apenas deixem em paz aqueles que já se foram. Leiam por questão de informação, por questão de reflexão... Leiam tudo o que puderem ler, independente de ser ou não Saramago, leiam para afiar a mente, para afiar a língua, leiam sempre.

3 comentários:

Germano Xavier disse...

Gostei da sinceridade, menina. É isso aí, cada tem suas preferências. O certo é que, sendo ou não Saramago amado ou odiado por uns e outros, a literatura perdeu um de seus grandes expoentes.

Carinho.
Continuemos...

Renata de Aragão Lopes disse...

Sim!
Leiam pra que conheçam.

Débora Cecília disse...

leiam pra viajar por lugares que só as letras podem nos levar...