sábado, 15 de maio de 2010

Hoje

- Hoje eu senti falta, tanta falta, das tuas pequenas coisas... Hoje senti imensa vontade de sentar-me naquele tapete estranho que tu adoras e ver-te a olhar-me como se eu fosse o último no mundo que pudesse compreender-te. Senti tamanha falta de tantas pequenas coisas... De um som tocando baixinho, do livro que deixaste sobre a minha mesa de trabalho, dos teus escritos que na maioria das vezes não faziam sentido algum após a meia-noite.

- Hoje peguei-me falando sozinho...

(sobre o quê?)...

- Ah, sobre as coisas acontecerem sem podermos fazer nada...

(hum...)

- É, seria ótimo se estivéssemos juntos...

2 comentários:

Flor com Espinhos disse...

ah, se certas coisas fossem verdades...se ainda existisse, mas o 'ainda' é como o 'quase', não existe...há realmente algumas coisas irreversíveis...

... disse...

Oi linda!
venha conhecer o blog do atelier com vestido:
www.comvestido.blogspot.com
bjs