quarta-feira, 8 de junho de 2011

Para adentrar um coração

Adentrar um coração pode não ser tão fácil. Às vezes as portas que dão acesso a essa morada são estreitas demais. Há casos em que é preciso bater muitas vezes, ir embora, retornar, até que alguém que antes dormia lá dentro, desperte e ouça o seu chamado. Alguns estarão acordados lá dentro e não irão mesmo abrir. É que muitas vezes, antigos moradores daquele coração foram-se embora sem deixar sequer recado na porta. Às vezes, o antigo morador passou pouco tempo e fez um estrago medonho! É caso do dono ficar chateado e não querer mais ninguém lá dentro. O certo é que para abrir as portas de um coração a paciência e a doçura podem ser boas chaves. Não se abre a porta a ponta-pés. Também é preciso escolher bem porque coração pode ser morada duradoura, pode ser residência fixa, para sempre.



P.S.: Ainda estou respondendo aos comentários da postagem anterior. Obrigada, mergulhadores!

11 comentários:

Paulo Francisco disse...

Coração é coisa séria. tem que pagar IPTU, senão, você pode ser despejado.
Um beijo grande

Franck disse...

Tbém postei hj sobre coração, esse músculo que nós dá tanta emoção, em todos os sentidos... Ofereço-o no texto, mas tbém já o matei em outro...
Bj*

Sandrio cândido. disse...

Difícil e gratificante.
beijos amiga

RosaMaria disse...

Na era da geração auto-suficiente ser sentimentalmente ativo é um privilégio.

Mas convenhamos, é tão dificil lidar com esse tal de AMOR!

Acho que nunca vou saber o suficiente.

Rafa, ta lindo o post.
Se cuida.


Beijão

Liza Leal disse...

O aprendizado maior da vida é registrado nessa casa. E cada pessoa q nela se instala, deixa...
Ou leva uma marca.

bjo, menina!
=)

Marcelo R. Rezende disse...

Eu fiz um coração acordar pra mim.

Que lindo perceber isso.




Beijo em você.

CARLA STOPA disse...

Que lindo amiga...Vou postar no meu face...E dar os devidos créditos, é claro...

Leandro Luz disse...

Aih, que lindo isso, Rafa...
Imagem muito bem escolhida!
;D

;***

Letícia Palmeira disse...

Bonito. =)

Coração é feito um casa. É preciso cuidar sempre. E, uma vez desgovernado, é difícil controlar certos impasses. Mas sempre há um jeito.

Flor com Espinhos disse...

eu encontrei meu comentário já escrito, nas palavras da RosaMaria.=)

Rodolpho Padovani disse...

Taí algo que acho que nunca vou entender, o coração.
Talvez eu não tenha tentado o suficiente.
Acredito que a chave do meu esteja perdida por aí, espero que a pessoa certa a encontre =)

Saudades de mergulhar por aqui ^^

Beijos, querida.